28 de janeiro de 2009

Nunca perca as oportunidades


Vivemos um momento de grande apreensão na economia, política, comércio e outras áreas sociais. A crise parece estar se instalando devagarzinho por aqui... empresários, profissionais liberais, políticos e outros influentes começam a mudar o discurso.

O fato é que a velha máxima que diz: "onde há crise, há oportunidades", continua valendo. A máxima de agora é (já ouvi de diversas pessoas esta): diante da crise há os que choram; mas há os que vendem lenços...

De qualquer forma, com crise ou sem ela, as oportunidades passam em nossas vidas constantemente. É preciso estar atento e buscar não perdê-la de vista.

Há uma história que li muito tempo atrás e é atribuída ao navegador Amir Klink, que diz o seguinte:

Já ancorado na Antártida, ouvi ruídos que pareciam de fritura. Pensei: será que até aqui existem chineses fritando pastéis? Eram cristais de água doce congelada que faziam aquele som quando estavam em contato com a água salgada. O efeito visual era belíssimo. Pensei em fotografar, mas falei para mim mesmo: “Calma, você terá muito tempo para isso...” Nos 367 dias que se seguiram, o fenômeno não se repetiu. Algumas oportunidades são únicas.
Cadastre-se no Boletim