30 de março de 2009

A arte de comunicar com clareza

Comunicação assertiva

Você já se deparou com alguém que fala, fala, mas não diz nada? E aquele que não fala nada? Estes dois extremos são frequentes no ambiente corporativo, porém, não deveria.

Comunicar com clareza é uma competência cada vez mais importante no meio profissional e social. Um bom processo comunicatório é responsável por aumento nas vendas, satisfação dos trabalhadores, produtividade e ambiente favorável.

Milagre? Não, claro que não. Entretanto, a comunicação assertiva é capaz de gerar melhores relações e, consequentemente, melhores resultados.

A comunicação assertiva é aquela onde as pessoas comunicam de forma direta e objetiva, sem meias palavras. O problema é que há muitas pessoas pouco preparadas para ouvir de forma assertiva. Ou seja, acham que o comunicador é grosseiro, rude ou sem paciência.

Por este e outros motivos desenvolvemos uma cultura de "enrolação". Para se chegar a alguma conclusão é preciso falar, falar e, muitas vezes, não dizer nada. Lembra do Rolando Lero? Típico personagem da Escolinha do Professor Raimundo, brilhantemente representado pelo saudoso Rogério Cardoso. Este era um que rodeava e enrolava, tornando-se folclórico e engraçado.

Infelizmente ainda temos personagens assim nas organizações. Como acabar? Comece aos poucos fazendo com que a pessoa seja mais objetiva. Faça perguntas fechadas, diretas, que levem a respostas diretas. Insista. Porém, tome cuidado para não transmitir aspereza ou impaciência.

Preste atenção em você e veja se não está cometendo o mesmo erro. Procure ouvir a si próprio enquanto fala com os outros. Muitas vezes achamos que os demais é que são enrolados, quando na verdade o problemas está conosco.

Boa sorte e sucesso.
Cadastre-se no Boletim