6 de julho de 2009

5 dicas para entrevista de emprego


Já realizei diversas apresentações sobre como agir em uma entrevista de emprego. Algumas dúvidas são recorrentes e por isso as cinco dias para entrevista de emprego pretende auxiliar nestas questões.

Para aqueles que já vem lendo a respeito do tema poderá pensar que estas são básicas. Porém, como o público leitor do blog é bastante amplo e diversificado a idéia é trazer dicas práticas e úteis, independente da experiência de cada um.

Para a entrevista de emprego há três fases: antes, durante e depois. Vou abordar resumidamente sobre as três nestas cinco dicas.

5 DICAS PARA ENTREVISTA DE EMPREGO

1. Conheça a empresa - antes de ir para uma entrevista na empresa procure saber o máximo possível a respeito da mesma. Visite o site, converse com pessoas que conhecem sobre ela, leia as notícias que já foram publicadas a respeito, busque outras fontes de informação sobre a situação econômica e cultural da empresa. Hoje em dia a maior parte das vagas disponíveis no mercado está nas mãos de empresas de seleção e consultorias. Portanto, esta dica também se aplica para uma entrevista inicial neste tipo de empresa.

2. Apresentação pessoal - em geral, vista-se de forma um pouco mais formal do que de costume. É preferível transmitir uma idéia de seriedade e formalismo do que descuido e despreocupação. Porém, cuidado com roupas que não está acostumado a vestir, pois pode ficar desconfortável e isso prejudicar sua entrevista. É fundamental conhecer antecipadamente a cultura da empresa quanto a vestimenta: formal ou informal. Em qualquer situação evite roupas muito justas e que mostrem partes do corpo que transmitam sensualidade.

3. Fale a verdade - durante a entrevista procure agir com naturalidade e falar sempre a verdade. Claro que dizer a verdade não significa ser franco ao extremo. Em vez de dizer que odiava seu chefe (se for o caso), diga que sua relação com ele era profissional e tinham posições diferentes sobre questões relacionadas ao trabalho. Nunca invente fatos ou conhecimentos que não possua. Os profissionais que realizam entrevistas, em geral, são experientes para perceber quando alguém está aumentando ou inventando alguma informação. Procure falar de experiencias positivas que teve em seus empregos anteriores. Reforce com exemplos suas conquistas e realizações.

4. Demonstre interesse - muitas vezes o candidato que faz perguntas ao entrevistador durante e ao final da entrevista transmite uma imagem positiva sobre si mesmo. Denota que a pessoa está interessada, motivada e curiosa pela vaga. Contudo, tome cuidado para não se tornar o entrevistador fazendo perguntas demais. Prepare algumas perguntas com antecedência e havendo oportunidade faça-as ao final. Também não pergunte coisas íntimas ou sobre entrevistador. Uma pergunta importante e funcional é sobre a continuidade do processo. Ao final da entrevista pergunte sobre os próximos passos, prazo para retorno etc.

5. Acompanhamento - uma das dúvidas mais frequentes é sobre o tempo de espera sobre o resultado da entrevista. Cada empresa tem um processo que pode variar de dias a meses. Por isso, é importante praticar o que foi escrito na dica quatro. Caso o entrevistador não tenha definido um prazo para o retorno ou o mesmo já tenha passado e ele não entrou em contato, cabe a você se manifestar. Caso ele não tenha definido um prazo a dica é aguardar duas semanas. Caso o prazo tenha expirado e ele não retornou a dica é aguardar de 3 a cinco dias para buscar informações. Não há uma regra, mas bom senso. Por isso, reforço a importância de ter esta informação ao final da entrevista.

Qual a sua dica sobre este tema? Faça um comentário e inclua sua dica ou experiência.

Rogerio Martins é Psicólogo, Palestrante, Escritor e Professor Universitário. 

Clique aqui e veja mais dicas sobre carreira, gestão de pessoas, comportamento, marketing pessoal e qualidade de vida 
Cadastre-se no Boletim