31 de outubro de 2007

Sobre palestras e palestrantes



Atualmente é muito comum vermos empresas contratarem palestrantes e palestras motivacionais. Os motivos são os mais variados possíveis. Desde motivação propriamente dita, até melhoria no ambiente interno.O fato é que a escolha de uma palestra motivacional ou palestrante qualificado e ajustado para a necessidade da empresa é um fator fundamental para o sucesso do evento.Há que se considerar o objetivo do evento. O tempo disponível para o palestrante. A programação da palestra dentro de um evento com mais atividades e assim por diante.

Lembro de uma situação que vivenciei onde fui contratado para realizar uma palestra motivacional e no momento de levantarmos as informações e o conteúdo a ser apresentado os representantes da empresa queriam uma série de assuntos que até não cabiam na ideia original. Conseguimos chegar a um consenso. No dia da palestra, que deveria durar aproximadamente uma hora, o evento foi se arrastando e quando chegou minha vez de apresentar tive 30 minutos para apresentar o conteúdo previamente conversado. É claro que tive de fazer ajustes e alguns pontos tiveram de ser eliminados na hora. No final as pessoas gostaram, mas ficaram com aquela sensação de "quero mais".

Também passei por outra situação bastante desconfortável. Foi um evento em universidade famosa de São Paulo/SP. Público jovem e eu seria o terceiro palestrante de um evento com quatro apresentações na sequência. Acontece que os dois primeiros a se apresentar atrasaram e muito em suas exposições. O pior é que ao final do segundo palestrante - na sequencia seria eu - o "infeliz" concluiu convidando os participantes a sair para o bar... é isso mesmo! Total falta de ética e profissionalismo. Alguns até foram, pois já estava ficando tarde. Fiz minha palestra de forma resumida para não terminar muito tarde, e o outro profissional que se apresentaria depois de mim não realizou seu trabalho por falta de quorum. Os organizadores ficaram constrangidos, mas erraram na forma do evento e escolha dos profissionais. 

Por isso, na hora de organizar um evento, contratar uma palestra, veja o currículo do palestrante, sua experiência, onde já atuou, que temas domina, marque uma reunião e converse pessoalmente, sempre que possível.

Rogerio Martins é Psicólogo, Palestrante, Escritor e Professor Universitário.


Conheça um pouco mais do meu trabalho como palestrante e instrutor de treinamentos


Quer receber as atualizações do site? Insira seu e-mail abaixo:






4 comentários :

  1. Beto Newmann01 novembro, 2007

    Prezado Prof. Rogerio Martins, tenho acompanhado seus artigos em outros sites e gosto muito da forma como expõe as idéias, sempre de maneira clara e objetiva. Espero poder participar de uma de suas palestras quando vier para o Rio. Abraço e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  2. Andréa Silveira Tomasso09 novembro, 2007

    Concordo com a preocupação que se deve ter ao contratar um palestrante. Tivemos um evento aqui na empresa que não foi muito bom porque o pessoal que contratou o consultor não soube avaliar corretamente o profissional. No fim deu tudo certo, porque tinha outros profissionais da empresa para falar. Mas quem contratou o palestrante ficou muito sem graça. É preciso ter muito cuidado e conhecer o histórico do profissional que vai contratar.

    ResponderExcluir
  3. Beto e Andréa,

    Agradeço os comentários. É sempre bom saber que estamos em sintonia com o mercado.

    Sucesso e bons negócios!

    ResponderExcluir
  4. Jota Castilho16 novembro, 2007

    É importante um consultor/palestrante fazer este alerta, pois se não quem o faria? Parabéns pela iniciativa e ética.

    ResponderExcluir

PALESTRANTE ROGERIO MARTINS | IMPORTANTE | LEIA ABAIXO ANTES DE COMENTAR:
.: Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
.: Serão recusados comentários com conteúdo ofensivo ou discriminatório, fora do tema ou assunto da postagem, anônimos ou com simples divulgação e pedidos de parceria.

Cadastre-se no Boletim