14 de maio de 2015

Dicas para elaboração de um currículo

Palestrante Rogerio Martins

Todo profissional moderno já deve ter ouvido falar em curriculum vitae, ou pelo menos deveria. Muitos já escreveram e ainda escrevem a respeito de regras ou dicas para a elaboração de um bom curriculum. Este é um tema dinâmico, pois o que valia alguns anos atrás já está obsoleto hoje em dia.

Afinal é "curriculum" ou "currículo"? A origem da palavra vem do latim "curriculum vitae" e se popularizou apenas como "curriculum" ou "currículo". Qualquer das duas formas está correta.

No site significados.com.br encontrei esta definição que considero bastante apropriada:

Curriculum vitae que significa currículo, em português, é um termo proveniente do latim, e significa trajetória de vida. Curriculum pode ser também abreviado para CV ou apenas currículo. É um documento de tipo histórico, que relata a trajetória educacional e/ou acadêmica e as experiências profissionais de uma pessoa, como forma de demonstrar suas habilidades e competências. O curriculum vitae tem como objetivo fornecer o perfil da pessoa para as empresas, podendo também ser usado como instrumento de apoio em situações acadêmicas. O curriculum é uma síntese de qualificações e aptidões, na qual o candidato a alguma vaga de emprego descreve suas experiências profissionais, formação acadêmica, e outros dados pessoais. O curriculum ainda é a forma que a maioria das empresas usam para selecionar seus funcionários. Geralmente o currículo é mandado por e-mail para as empresas ou no website de algumas é possível criar seu próprio currículo, para permanecer no banco de dados da mesma.

Portanto, é importante destacar que cada caso merece uma análise específica. O que quero dizer com isso é que um profissional com mais de 15 anos de experiência e extensa formação acadêmica deverá valorizar em seu curriculum fatores diferentes daquele que está em início de carreira. Este é um dos erros mais básicos que vejo ocorrer nas recomendações e, principalmente, na confecção de um curriculum.

Não pretendo ser definitivo, muito menos o dono da verdade neste artigo, mas simplesmente trazer cinco dicas fundamentais, porém importantes, para a elaboração de um Curriculum que sirva para qualquer caso ou situação.

DICAS PARA ELABORAÇÃO DE UM CURRÍCULO

1. O básico: evite erros de digitação, idioma, gramática etc. Peça para outras pessoas analisarem e, se necessário, corrigirem seu Curriculum. Este é um dos fatores que mais elimina candidatos antes mesmo da entrevista.

2. Defina claramente seu objetivo profissional. Quem lê um Curriculum deve ver rapidamente o que você procura. Portanto, antes de elaborar seu CV reflita sobre seu objetivo profissional. Evite ser genérico. Tenha foco. Não misture objetivos diferente num mesmo Curriculum. Se necessário faça mais de um Curriculum para objetivos diferentes.

3. Seja verdadeiro. Um bom Curriculum expressa de forma resumida a vida profissional e acadêmica da pessoa. Portanto, não minta ou insira informações que não sejam corretas. Apontar que possui domínio de um idioma pode fazer com que o entrevistador queira realizar um teste para averiguar esta informação. O mesmo acontece com os dados profissionais e os demais do seu Curriculum. Os entrevistadores conferem as informações e caso sejam falsas isso prejudica sua imagem e carreira.

4. Cuide da apresentação visual. Use uma escrita padrão no que diz respeito a formato da fonte, tamanho e cores. As mais usuais são Times New Roman e Arial. Tamanho 10 ou 12. Preferencialmente preto em sua totalidade. Não é uma regra, mas facilita a visualização e organização dos assuntos. Dependendo de sua experiência e formação valorize (destaque) o que for maior, mais significativo. A ordem de apresentação deve ser sempre do mais recente para o mais antigo. Ah, foto e pretensão salarial só se for solicitado.

5. Atualize sempre. Veja o Curriculum de outras pessoas da sua área e de outras áreas. Compare. Revise. Atualize. Mude quando necessário. Leia a respeito. Não siga totalmente o padrão, mas tome cuidado para não exagerar em querer ser diferente.

Como escrevi acima estas dicas não são definitivas, apenas referenciais. Envie seu Curriculum para mim que analiso sem custo e dou um feedback sobre possíveis melhorias. Para isso acesse a página de CONTATO aqui do site e envie por e-mail. Deixe seu comentário aqui embaixo também. Boa sorte e sucesso.

Rogerio Martins é Psicólogo, Palestrante, Escritor e Professor Universitário. Leciona a disciplina de Recrutamento e Seleção que inclui a elaboração e análise de Curriculum, além de ter atuado por mais de 15 anos na área de RH (recrutamento e seleção / treinamento e desenvolvimento) de grandes e médias empresas nacionais e multinacionais.


Gostou deste artigo? Leia também:

Cadastre-se no Boletim