31 de julho de 2014

Você faz o que gosta?

palestras, palestrante, motivação, palestra motivacional

Você faz o que gosta? Isso pode definir o seu sucesso!

Este é um assunto que eu adoro escrever, pesquisar, falar com meus alunos e também em empresas onde ministro minhas palestras interativas. É uma delícia! Até mesmo porque eu sou uma pessoa que adoro o que faço! Mas nem sempre foi assim.

No início da minha carreira profissional na área de recursos humanos tive a oportunidade de estagiar em uma grande corporação, mas sem chance de ser efetivado. Diante disso outras oportunidades surgiram e fui trabalhar com duas pessoas que tenho grande admiração, respeito e que me ensinaram muito do que ainda utilizo até hoje: Lena Almeida e Jucirema Faustino. Foi um período muito positivo de minha vida. Em busca de novas e maiores oportunidades fui trabalhar na área de RH da Petybon, Danone, Tec Toy Brinquedos, Tyco Electronics e Eletropaulo. Foram experiências também sensacionais, mas em alguns momentos percebia que não estava realmente fazendo o que gostava. Sabe aquela sensação de qual fala algo? Era assim que me sentia. Mesmo trabalhando em empresas reconhecidas, com cargo de destaque, com bom salário, colegas bacanas e tudo mais.

Comecei a realizar um trabalho de auto-avaliação e ai veio a grande sacada de começar a planejar minha transição de carreira. Em 1996 fundei a Persona Consultoria e Eventos, empresa focada em palestras e treinamentos comportamentais e que é até hoje minha ocupação principal. Durante alguns anos levei a consultoria em paralelo, conciliando meu trabalho como funcionário de grandes corporações e o meu projeto de vida profissional. Foi cansativo, mas o início da realização de um sonho.

A consultoria prosperou. Porém, ainda sentia que algo me faltava. Conclui uma segunda pós-graduação e, com isso, iniciei meus trabalhos de atendimento como psicólogo clínico e dei meus primeiros passos no trabalho de coaching profissional. Decidi também ir para o mercado acadêmico e comecei a lecionar em uma faculdade pequena na cidade de Osasco/SP. Foram quatro anos de novas experiências e encontro uma nova e ocupação que me deixou muito feliz. Enfim, muitas outras coisas aconteceram nesta busca contínua de aprimoramento e realização pessoal e profissional.

Dez dicas para fazer o que gosta

Recentemente li uma reportagem da Live Science que dizia exatamente isso: "você gosta do que faz? isso pode definir o seu sucesso!" Veja a resumida abaixo:
Já pensou o que lhe traz prazer profissional? Você é apaixonado pela sua carreira ou apenas trabalha (nesse cargo) por falta de motivação? Atentamos que trabalhar fazendo o que você adora é bom para você e para seu chefe!!! A seguir dez dicas para fazer o que gosta e encontrar o sucesso:
1 – Busca espiritual - Quais são as coisas que você gosta de fazer, incluindo o máximo de detalhes e informações específicas que for possível. Depois que fizer essa lista (O QUE EU GOSTO DE FAZER…), você deve analisar as profissões (e cargos também) que se encaixam.

2 – Separe um tempo para fazer acontecer - Torne os seus passos em realidade… Separar um tempo para elaborar e executar um plano nos mínimos detalhes.
3 – Descubra como lucrar com sua paixão - Antes de transformar a sua profissão em paixão é preciso saber a sua rentabilidade. Tenha a perspectiva do comprador, a perspectiva do usuário final e a perspectiva da audiência.
4 – Converse com quem já fez o que você quer fazer - Converse e troque ideias com quem já atua na área e é apaixonado(a) pela profissão. Conversar com alguém que já está no mercado e que tem a mesma paixão que você lhe permite descobrir os revezes que lhe esperam, o que vai lhe ajudar a descobrir como criar um modelo de negócio.
5 – Cerque-se de pessoas que o apoiem - Fique atento as pessoas que realmente te apoiam e encorajam. O apoio dos verdadeiros amigos fará com que você se sinta menos sozinho, e muito mais corajoso.
6 – Seja destemido - Não tenha medo de iniciar uma carreira nova e dar continuidade ao seu novo projeto. Todos cometem erros, basta não repeti-los e prosseguir.
7 – Não fique esperando - Não fique esperando muito tempo para realizar algo na carreira, pois quanto maior a espera a probabilidade de se realiza-las é menor.
8 – Estude - O investimento em cursos e treinamento também serve para medir o talento e perseverança.
9 – Não tente fazer tudo sozinho - Não tenha medo de “começar por baixo”.
10 – Tenha paciência - Quem está perseguindo seu sonho tem que estar preparado para os problemas iniciais que certamente virão. É preciso ter paciência, já que pode levar algum tempo entre o início do novo negócio e o esperado lucro que lhe permitirá abandonar o emprego que você não gosta.

palestras motivacionais, palestra, palestrante, motivação

Hoje posso garantir que a cada dia faço o que gosto. Há um vídeo do Steve Jobs onde ele faz um breve discurso para alunos formandos em Stanford (importante Universidade americana) e aponta como um dos itens fundamentais para seu sucesso exatamente "amar o que faz". Ao ler estes tópicos acima me identifiquei com todos. E você? Gosta do que faz? Conte-me sua experiência.

Rogerio Martins é Psicólogo, Palestrante, Escritor e Professor Universitário, apaixonado por todas estas ocupações e por isso se considera e é reconhecido como uma pessoa de sucesso.

Gostou deste artigo? Leia também:

Quer receber as atualizações do site? Insira seu e-mail abaixo:




Cadastre-se no Boletim